Orientações Gerais

Exercícios para a Coluna

Exercícios para a Coluna

 

 Sobre os diversos tipos de exercícios atualmente disponíveis, vale uma pesquisa aprofundada sobre os benefícios e riscos das diversas modalidades. As informações contidas na internet são parciais e geralmente superficiais. Orienta-se a procura de especialistas para esclarecimentos adicionais e assim iniciar a prática de atividade física adequada para cada situação, com conhecimento sobre os riscos e benefícios da mesma. É necessária a avaliação médica anterior ao início das práticas esportivas para analisar possiveis riscos referentes a doenças sistemicas (hipertensão, diabetes, doenças da tireóide, cardiopatias) e disfunções motoras (presença de artropatias, deformidades nos pés, doenças da coluna).

 

É importante informar que as orientações desse artigo se referem ao paciente com diagnóstico  e causa da dor já conhecidos. Pacientes que apresentem dor lombar sem avaliação prévia não devem iniciar atividades físicas sem a liberação médica, correndo risco de agravar lesões de modo irreversível como em casos de tumores, espondilolisteses, estenoses vertebrais, hérnias de disco e outras doenças.

 

De modo geral, tratando-se da dor lombar já diagnosticada, as orientações atuais são de iniciar a realização de atividade física através de uma rotina progressiva, estruturada e supervisionada por profissional, independente do tipo de exercício desejado. Não se pode dizer com certeza que um exercício é melhor do que o outro. Existem estudos que comprovam a melhora das dores com diversas modalidades de exercícios, aqui seguem alguns exemplos:

 

 Exercícios de força: Visam o fortalecimento da musculatura estabilizadora (core), através de movimentos resistidos com carga progressiva e adequada para o condicionamento do paciente. Procura-se também realizar o fotalecimento dos rotadores da coluna, eretores, abdominais oblíquos, glúteos e musculatura isquio-tibial, grande dorsal e serrátil. Pode ser realizado através de academia, pilates, yoga ou hidroginástica.

 

 Exercícios de resistência cardiovascular: Visam a reabilitação cardiovascular, com melhora da distância percorida, capacidade pulmonar e redução do cansaço nas atividades diárias. Quando realizadas em uma rotina seriada, podem reduzir as dores lombares pela redução de enzimas inflamatórias, melhora na circulação local e nutrição da coluna, liberação de hormônios sistêmicos, além de auxiliar na redução de peso corporal.

 

Exercícios de coordenação, isocinéticos e técnicas de extensão (McKenzie):  Visam melhorar o equilíbrio da musculatura, correção postural e adequação das forças na coluna para redução das lesões e eventual tratamento para hernias e discopatia lombares.

 

 Exercícios no pós operatório de coluna: Alguns casos de pós operatório permitem o início da reabilitação precoce. Essa reabilitação pode ser feita através de exercícios domiciliares orientados, exercícios na fisioterapia ou até mesmo exercícios de alta intensidade em academias e na rua. Sabe-se que os casos em que a reabilitação se inicia precocemente obtem melhores resultados tanto a curto prazo quanto a longo prazo, sem agravamento da doença ou risco aumentado de reoperação. Cada caso deve ser analisado especificamente pelo médico responsável, e as atividades físicas orientadas pela doença de base e pelo ato cirúrgico em si.

Exercicios 2

 

Nos casos de pacientes sedentários, deve-se evitar o início das atividades físicas na fase aguda de dor nas costas, dando preferência para o repouso de curta duração (2-3 dias) seguidos de início de atividades leves como caminhadas  e atividades aquáticas. Caso o paciente ja realize exercícios regularmente antes da crise de dor, sugere-se que ele mantenha a mesma atividade (evitando apenas as atividades de impacto como artes marciais, futebol, basquete e volei), com redução da sua intensidade.

 

Atualmente existe uma diversidade enorme de atividades físicas disponíveis e estimuladas pelos meios de informação, por isso a melhor orientação atualmente ainda é a pratica de exercícios orientada por profissional competente e com liberação médica prévia, evitando agravo de doenças pré-existentes.

 

 

 

Exercicios para a coluna

 

Fontes:

  • Atividade Física e Saúde – projetos diretrizes AMB 2001
  •  [Clinical approach to chronic lumbar pain: a systematic review of recommendations included in existing practice guidelines An Sist Sanit Navar. 2015 Jan-Apr;38(1):117-30.
  •  Effects of selective exercise for the deep abdominal muscles and lumbar stabilization exercise on the thickness of the transversus abdominis and postural maintenance J Phys Ther Sci. 2015 Feb; 27(2): 367–370

 

A Ortopedia Bedran é cinco estrelas na Doctoralia

Veja o que andam comentando sobre nós
Ir para Doctoralia
Entre em Contato Com Facilidade. Preencha este pequeno formulário abaixo e a Clínica de Ortopedia Bedran irá entrar em contato com você.